Curso de Empreendedorismo 2012

H3_gd

 

No dia 8 de Novembro terminou mais um Curso de Empreendedorismo dinamizado pela JF de Santa Maria de Belém que contou com a frequência de 14 pessoas.

Esta foi uma oportunidade de potenciar novas ideias e dotar as pessoas de ferramentas para singrarem na criação de um negócio, resposta aos tempos de austeridade financeira que vivemos. “Em tempo de crise faz mais sentido dotar as pessoas de ferramentas do que optar pelos apoios tradicionais”, diz-nos Pedro Folgado, responsável do executivo pela ação.

Este acrescenta ainda: “Todo o curso correu lindamente, tendo surgido ideias muito válidas de negócio. A avaliação dos formandos foi muito positiva e do meu ponto de vista esta é uma iniciativa a repetir.”
De forma a marcar o final desta ação, convidou-se Nuno Van Uden, responsável pela comunicação da empresa portuguesa de hambúrgueres gourmet H3 para falar um pouco sobre este projeto 100% português, exemplo de sucesso numa altura difícil para este tipo de negócios.

Esta empresa H3 é um exemplo a seguir pelos participantes deste curso dinamizado pela JFSMB provando que, apesar da conjuntura actual, há que ousar para ter um negócio de sucesso.

Estiveram presentes nesta apresentação Fernando Ribeiro Rosa e Pedro Folgado, respectivamente presidente e vogal da Junta. Fernando Ribeiro Rosa diz-nos que “Achámos que esta era a maneira perfeita de terminar este curso.”

O interesse dos participantes foi claro, tendo todos colocado várias questões ao porta-voz da marca H3.

“Foi bom ver como nasce um negócio de sucesso.”, diz-nos António Baioneta, um dos formandos deste curso de 100 horas que motivou todos a investir em ideias empreendedoras.


O Conceito H3

A empresa H3 é um exemplo de empreendedorismo que começou por ir ao encontro de uma lacuna no mercado. Não ouvindo todas as vozes desencorajadoras, os criadores da empresa avançaram assim com um conceito inovador de “not so fast food” (comida não tão rápida), que consiste num “fast-food” (restaurante de comida rápida) que aposta em produtos de qualidade a um preço acessível.

Esta empresa resultou do esforço conjunto de três fundadores que, apaixonados por comida, resolveram sair fora da sua área de formação para arriscar neste projeto empreendedor.

Um dos objectivos da empresa é potenciar os recursos extremamente válidos existentes no país. Um exemplo são as lojas da marca que são projectadas por artistas portugueses convidados.

90% do marketing da marca é interno, direccionado para os seus 700 funcionários, que encontram na empresa uma oportunidade de crescimento profissional. Existe uma política de proximidade para com todos os trabalhadores da empresa, sendo mantidas abertas as portas dos três sócios-gerentes para qualquer funcionário.

Tudo começou com duas lojas: nos centros comerciais Monumental (Saldanha) e Amoreiras, e a partir dai a marca teve um crescimento exponencial. Actualmente já se expandiram para Espanha e para o Brasil, levando a qualidade dos produtos portugueses além-fronteiras.


Entrevista a Nuno Van Uden, responsável pela comunicação da empresa H3

Que acha desta iniciativa da JFSMB?

O tema do empreendedorismo está muito presente hoje em dia e numa altura de crise é importante apostar neste tipo de iniciativas.

Qual acha que foi a fórmula de sucesso da sua empresa?

Foram essencialmente dois fatores: Primeiro, acreditar e ter paixão pelo seu negócio; segundo, estar preparado para falhar.

Quais os planos para o futuro?

Essencialmente expandirmo-nos. Esperamos abrir 30 novas lojas no ano de 2013.

O que tem a dizer aos empreendedores de hoje?

Respeitem a fórmula do sucesso: não se deixem abater pelo negativismo. Pensem em grande e acreditem nos vossos projetos, sempre com os pés assentes na terra. É extremamente importante ter as coisas bem pensadas pois estas podem correr mal e convém estarmos preparados para isso.


turno C, o turno inclusivo

PRÓXIMOS EVENTOS

SIGA-NOS NO FACEBOOK

oyun