IV Feira da Educação Especial

20140718 feira ed especial gd

No passado dia 30 de maio, pelas 10h iniciou mais uma edição da Feira de Educação Especial organizada pelo Sub-grupo de trabalho Educação Inclusiva da Comissão Social da Freguesia de Belém – CSFB. Este evento teve algumas alterações em relação a edições anteriores, nomeadamente a partilha do espaço com 1ª Feira de Saúde de Belém (contando também com o apoio desta organização) e ainda a existência de uma tenda destinada a palestras, debates/reflexões e apresentações de entidades.
Como todos os eventos este foi pautado por pequenos imprevistos que graças ao esforço de todos foram rapidamente ultrapassados dando assim início à programação de palco com a presença dos meninos do Abrigo de Santa Maria de Belém, dirigidos pelo músico Ricardo Reis. Continuou com a presença de muitas crianças, jovens e até adultos que ensaiaram e trabalharam com a ajuda dos técnicos responsáveis e alegremente nos presentearam canções, danças, teatros e tocaram instrumentos musicais, dando um colorido ainda maior à Feira. A apresentação em palco ficou à responsabilidade de Ana Rita Fernandes, estágio curricular da CED Nuno Alvares Pereira – CPL, que se voluntariou para esta função tendo desempenhado muito bem o seu papel. As atuações terminaram com a presença de Ricardo Reis que cantou alguns temas adoçando a tarde. Por fim o Dr. Fernando Ribeiro Rosa, na qualidade de Presidente da CSFB, fez um breve discurso de encerramento agradecendo a todos os intervenientes a sua presença.
Este ano pudemos contar com a participação de 26 entidades que dão resposta a crianças, jovens ou adultos com necessidades especiais, workshops de artes plásticas, uma zona de animação com balões e pinturas faciais.
A Dr.ª Laurinda Alves, aceitou o convite para apadrinhar o evento prestigiando o trabalho do Sub-grupo e no período da manhã visitou a Feira transmitindo o seu contentamento pela sua dinâmica, frisando a importância dos objetivos do evento.
Na tenda das palestras decorreram algumas apresentações, debates acerca da importância de recursos especializados em ensino especial. Esteve presente uma entidade que reúne os dois tipos de resposta especial e regular, procurando responder inclusivamente com bastante diversidade de recursos, mas que se trata de um projeto inovador na área de Lisboa, que poderá ser um exemplo a avaliar e eventualmente a seguir. Por ultimo a Gulliver - Associação Cultural, Recreativa e Social (parceiro da Junta de Freguesa de Belém) dinamizou uma apresentação/debate sobre a importância de incluir as necessidades especiais na cultura e recreação, abordando o projeto Praia Campo Inclusiva da Junta de Freguesia de Belém com a participação de crianças que usufruem do mesmo, mães e técnicos, abordando todas as vertentes e os aspetos positivos desta experiência que supera as dificuldades e poderá ser uma boa prática a difundir pela cidade de Lisboa.

 

PRÓXIMOS EVENTOS

SIGA-NOS NO FACEBOOK

oyun