UCCLA e Casa da América Latina

20161103 gd uccla



Foi com casa cheia e com grande dignidade que a UCCLA e a Casa da América Latina abriram as suas portas e inauguram as novas sedes, no dia 30 de setembro, na presença do primeiro-ministro, António Costa, da presidente da Assembleia Municipal de Lisboa, Helena Roseta, do presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, do presidente da Câmara Municipal de Maputo, David Simango, do Presidente da Junta de Freguesia de Belém, Fernando Ribeiro Rosa e de tantas outras personalidades de referência nacional e das cidades que representam as duas instituições.
Os discursos inaugurais destacaram o papel desenvolvido pelas duas instituições em prol de uma cidade cada vez mais global e multicultural.
O Secretário-Geral da UCCLA, enalteceu a UCCLA como “a mais antiga das instituições que, após Abril, aproximou os cidadãos que, nas cidades de vários continentes, se entendem pela 5.ª língua do mundo”.
Já o primeiro-ministro de Portugal, António Costa, reforçou a ideia de Lisboa como uma cidade aberta ao mundo e a importância da globalização no mundo atual. "Nós hoje vivemos num mundo onde estamos a assistir a um regresso de discursos e afirmações políticas de intolerância, de segregação, como há muito tempo não víamos e que precisamente estas comunidades, estes laços, esta realidade que nós construímos e que estamos a construir em conjunto, poderão marcar tanta diferença".
No mesmo dia foi, também, inaugurada a exposição "[Co]Habitar", que contou com a atuação do músico Rodrigo Amado, e que estará patente ao público até ao dia 30 de janeiro de 2017.
O edifício, recentemente renovado, foi, no século XVIII, um armazém dos bergantins e galeotas reais, herdando daí a denominação de “Casa das Galeotas”.

 


Para mais notícias consulte o nosso boletim ou siga-nos através do nosso facebook.

PRÓXIMOS EVENTOS

SIGA-NOS NO FACEBOOK

oyun